A volta dos que não foram!

0

Posted by Cintya Destro | Posted in No Dia a Dia | Posted on 02-10-2012

Não aguento mais ficar longe, tenho tantas coisas pra postar, e  essas coisas ficam apenas presas na minha cabeça!

Então a partir de hoje, elas serão liberadassssss……….. ESTAMOS DE VOLTA…… depois de muito tempo!

Mas com uma diferença, sempre tentei postar com fotos minhas, e esse ponto me travava, porque tratar a foto me toma tempo e acaba complicando o que é simples…..então colocarei fotos próprias dentro do possível…. me perdoem essa falha.

Pra começar bem saudável, vou postar uma dica/receita, simples e muito legal.

cenoura e tomate

Macarronada com um toque imperceptível! Saia do convencional molho pronto! Basta bater os tomates no liquidificador… e temos um molho! Mas você pode bater junto com os tomates, uma cenoura grande. ela da uma boa encorpada no molho, é saudável e fica delicioso! o que mais poderemos querer?

Ingredientes:

  • 6 tomates maduros picados ou uma lata de tomates pelados
  • 1 cenoura grande cortada em rodelas (pra bater mais fácil)
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 2 colheres de azeite
  • sal e pimenta a gosto (experimente a pimenta dedo de moça picada, sem a semente não  fica tão ardida e dá um super sabor!)
  • Pasta da sua preferência

Preparo:

  1. Bata no liquidificados os tomates e a cenoura
  2. Refogue no azeite o alho a cebola e a pimenta dedo de moça
  3. Junte o molho e deixe apurar por uns 10 minutos em fogo médio
  4. Tempero com sal e ervas a gosto

Dicas:

  • Você pode varia acrescentando muitas coisas…. eu adoro com abobrinha picada!
  • Quantidade de massa sempre é uma duvida. Existem no mercado duas maneiras de não errar:  Medidor de massa e balança – com 70 gr para pessoas que comem pouco e 100 gr para pessoas que comem bem.

Purê de batata

0

Posted by Cintya Destro | Posted in No Dia a Dia, Sem categoria | Posted on 09-04-2012

Um sinônimo de versatilidade pra mim, é o purê de batata… Aliaz a batata por si só já garante muito sucesso em qualquer receita

O purê acompanha bem quase tudo, e  varia muito do simples ao sofisticado com pequenas alteraçōes!

Ingredientes

  • Batatas (cozinhe as em água quente e salgada ou embrulhe em papel alumínio e asse no forno por uma hora)
  • Leite quente ( pode ser esquentado no microondas ou fervido na panela – para os amantes de cozinha francesa use creme de leite)
  • Manteiga ( se não tiver, pode tentar substituir por margarina ou maionese)
  • Temperos ; sal e pimenta são os básicos, mas fica ótimo com nós moscada ralada, queijo ralado, cheiro verde, mix de ervas etc….. ( use a criatividade e liberte-se….. Rsrs….. Eu diria que a batata lhe permite isso)

Preparo

  1. Amasse as batatas ( pode usar um espremedor de batatas, um amassados de batatas, ou o bom e velho Garfo, se vc realmente quiser um purê suuuuuper cremoso pode até bater no processador ou liquidificador)
  2. Acrescente o leite quente as poucos até chegar na consistência de sua preferencia, em média para 4 batatas grandes utilizo 2 copos de leite.
  3. Agora divirtase colocando a manteiga, cerca de 2 colheres de sopa e tempere com o que você gostar.

Dicas

Nao fui muito específica nas quantidades porque quando  temos poucas batatas ( e não 1 kilo completo ), podemos  e devemos realizar a receita do mesmo jeito!

EXPERIMENTE

  • Usar  tipos diferentes de batata no mesmo purê. Fica lindo dizer que seu prato acompanha um Purê de 3 batatas, ou mix de batatas…..
  • Usar junto com a batata, cenoura, abóbora elas dão um belo colorido além de serem nutritivas, poque não aproveitar e também usar o inhame?… Uma boa oportunidade …
  • Um toque francês…. Utilizando o creme de leite, a manteiga e o queijo ralado de sua escolha…

Bolo de Carne

0

Posted by Cintya Destro | Posted in No Dia a Dia | Posted on 09-04-2012

Oláaaaaaaaaaaaaaaaa Pessoal!

Depois de um loooongo inverno, verão, primavera e tal… estamos voltando com força total……

E pra o retorno com chave de ouro, uma receita prática, rápida, nutritiva e fácil….. quer mais adjetivos do que esses em uma receita?

Ingredientes:

  • 1 kilo de carne moida
  • 2 ovos
  • 1 cebola ralada
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 xícara e 1/2 de aveia
  • 1 pacote de sopa creme de cebola (se vc tiver, senão tiver vc pode substituir por caldo de carne)
  • molho shoyo, orégano, salsinha e cebolinha, pimenta e o que mais vc quiser…. a gosto

Preparo

  1. Em uma vasilha misture todos os ingredientes, você pode amassar com a mão, ou com uma colher grande (as mão são geralmente mais eficientes).
  2. Forre uma forma com papel alumínio de forma que sobre bastante dos lados ( pois as sobras serão usadas para embalar o bolo)
  3. Faça uma cama com metade da carne moída, como se fosse uma cama do comprimento da forma.
  4. OPÇÃO: Você pode rechear com o que quiser…. presunto e queijo,  cenoura ralada, bancon com ameixa seca… etc, como eu gosto de tentar incluir legumes em tudo, geralmente ralo uma cenoura que dá um belo colorido!
  5. Cubra a “cama” com o resto da carne e aperte bem pressionando para que as partes fiquem bem unidas e não rache durante o cozimento.
  6. OPÇÃO: Tiras de bacon são sempre bem vindas, por cima do bolo, além de decorar dão um sabor especial!
  7. Utilize as  sobras de alumínio para cobrir todo o bolo de carne.
  8. Leve ao forno pré aquecido por 30/40 minutos  e depois abra o alumínio e deixe até dourar.
  9. Sirva a seguir acompanhado de um belo purê de três batatas, mas aí será outra história……

    Bolo de Carne

    Bolo Carne

Feijão nosso de cada dia!

5

Posted by Cintya Destro | Posted in No Dia a Dia | Posted on 25-02-2011

Não tem como deixar essa semana passar sem postar o maior amigo do Arroz!

FEIJÃO FEIJÃO

FEIJÃO!!

Então vamos à cozinha!

Ingredientes fixos:

  • 2 xícara de feijão escolhido e lavado
  • Água
  • 3 dentes de alho picadinhos
  • 1 cebola picadinha
  • Sal a gosto

Ingredientes variáveis:

  • Bacon a gosto
  • Linguiça a gosto
  • Folhas de loro a gosto
  • Cheiro verde picadinho

Preparo Básico:

1 – Coloque o feijão de molho em uma vasilha com água de um dia para o outro. Caso esteja com muita pressa ou decidiu fazer o feijão de última hora, ferva 1 litro de água e deixar o feijão de molho por 2 horas.

2 – Despeje o feijão amolecido em uma panela de pressão e complete com água até atingir cerca de 3 a 4 dedos  a cima da quantidade de feijão. Se você não tiver uma panela de pressão, pode usar uma panela comum, porém o tempo de preparo será dobrado.

3 – Tampe a panela de pressão e deixe em fogo alto. Quando começar a fazer o “thi thi thi” , abaixe o fogo para médio e conte cerca de 25 minutos. Na panela comum deixe pelo menos o dobro do tempo e vá acompanhando e provando o feijão pra ver se amoleceu.

4 – Passados os 25 minutos, deixe a panela de pressão esfriar por uns 10 minutos e depois abra a tampa. Tome cuidado nesse passo pra não explodir sua cozinha!

5 – Em outra panela, aqueça o azeite ou óleo e doure o alho e a cebola picadinhos.

6 – Junte o feijão ao alho e a cebola dourados para tomar gosto e fazer um caldinho, voltando tudo ao fogo para ferver mais um pouco e acerte o sal a gosto.

7 – Se você gostar do feijão mais cremoso ou engrossado, com o auxilio das costas de uma concha aperte alguns grão de feijão e deixe mais tempo na panela, pois ao serem esmagados dão um bom caldo. Se preferir mais ralinho é só ficar de olho no caldo e ir provando sem apertar ninguém.

Preparo variado:

Na receita básica podemos tirar e acrescentar muitas coisas, por isso a lista de ingredientes variáveis como sugestão no preparo deste feijão nosso de cada dia.

1 – O bacon e a lingüiça devem ser dourados antes das cebolas.

2 – As folhas de louro devem ser douradas junto as cebola e alho para apurar o sabor.

3 – Você também pode acrescentar um caldinho de carne, mas cuidado com o sal.

4 – O cheiro verde deve ser colocado ao final de todo o preparo do feijão.

Dicas:

Beterraba no feijão

Tem uma coisa que minha mãe sempre fez, e que eu gosto de fazer também, já li muitas reportagens a favor e outras a contra, mas como o sabor é muito bom e a cor maravilhosa… vou dividir isso com você.

Sim é isso mesmo mas não se assustem, isso não vai tornar o feijão doce!

Na  hora que vou colocar o feijão pra cozinhar, lavo bem e corto as extremidades de 2 ou 3 beterrabas. Após o cozimento  retiro as beterrabas, descasco (elas ainda quentes, assim é muito mais fácil), corto e já jogo aquele azeitinho e temperos pra transformas em salada.

O feijão fica com uma cor muito legal e com as vitaminas da beterraba. Além é claro de fazer 2 em 1, ao mesmo tempo, na mesma panela de cozimento e consecutivamente…. menos louça! È assim que eu gosto! heheheh

Panela de pressão

O manuseio da panela de pressão como já mencionado é bem arriscado, por isso vou colocar apenas como uma dica, outra forma de abrir a panela de pressão.

Você pode colocar a panela debaixo da torneira, para que a água fria  esfrie a panela e saia a pressão, assim pode-se abrir mais rápido a tampa, porém não faça isso logo depois que retirou ela do fogo, espere sempre ela dar uma esfriada antes. E verifique nesse caso se ainda existe pressão na panela antes de abri-la, mexendo no pino.

Variedades de feijão
Há muitos tipos de feijão, de tamanhos, cores e sabores diferentes. Os mais conhecidos são:
Feijão-preto: Muito usados em sopas e feijoadas;
Feijão-roxinho: presta-se bem para saladas, sopas e como acompanhamento;
Feijão-fradinho: também conhecido como feijão-macassar ou feijão-de-corda, usado no preparo de acarajé;
Feijão-mulatinho: bom para acompanhamento, embora em algumas regiões seja usado para feijoada;
Feijão-branco: para sopas e saladas, também fica excelente em cozidos;
Feijão-jalo: ótimo para sopas e saladas;
Feijão-rosinha: para acompanhamento; junto com o feijão-mulatinho, são os tipos mais consumidos;
Feijão-rajadinho ou feijão-verde: próprio para acompanhamento;
Feijão-canário: também para acompanhamento;
Feijão-carioca: é a variedade mais cultivada e consumida pelos brasileiros.

Arroz Passo a Passo

2

Posted by Cintya Destro | Posted in No Dia a Dia | Posted on 22-02-2011

Oláaaa pessoal…

Depois de alguns meses de férias da cozinha, estamos de volta e com força total!!

E para marcar essa nova fase, vou atender a muitos pedidos inclusive ao do meu  irmão, e postar uma série de receitas básicas, TIM TIM por TIM TIM…..

E hoje é dia de ARROZ! O bom e velho companheiro de aventuras dos pratos brasileiros.

Não se assuste com meus 11 passos, fiz isso pra tentar explicar o mais detalhado possível.

Ingredientes:

  • 1 xícara de arroz
  • 2 xícaras de água quente
  • 2 dentes de alho bem picadinhos
  • ½ cebola bem picadinha
  • 1 colher de azeite ou manteiga
  • Sal a gosto

Preparo:

1 – Separe aquela panela que você mais gosta, sempre temos uma preferida por mais que não sejamos “mestres” na cozinha.

2 – Ferva a água em uma panela, leiteira ou chaleira.

3 – Lave o arroz e separe – Para lavar o arroz você pode utilizar diversos utensílios, eu gosto de usar uma peneira assim já fica escorrendo depois….mas tente todos e veja o que você acha mais fácil e tenha disponível é claro.

4 – Aqueça à panela em fogo baixo, adicione o azeite ou manteiga e espere alguns instantes para derreter a manteiga ou aquecer o azeite (atenção sempre coloque um fiozinho de azeite ao aquecer a manteiga, assim ela não queima).

5 – Acrescente a cebola e o alho na panela, e doure levemente. Cuidado pois se eles queimarem ou ficarem muito douradinhos o arroz não vai ficar tão branquinho.

6 – Despeje o arroz escorrido na panela e mexa por alguns instantes.

7 – Utilizando a mesma medida (copo, xícara, etc.) que você usou para o arroz, acrescente a água quente na panela.

8 – Mexa e acerte o sal a seu gosto.

9 – Tampe a panela e leve ao fogo mais baixo, deixe a panela lá quietinha.

10 – Em média o arroz leva de 15 a 20 minutos, mas para saber se está no ponto, pegue um garfo, enfie até o fim da panela e abra um buraquinho, veja se ainda tem água no fundo, quando ele estiver praticamente seco, desligue o fogo e tampe a panela por mais uns 5 minutinhos no mínimo. Deixar o arroz dar uma descansadinha… ajuda no preparo final.

11 – se você quiser, antes de servir, passe o garfo em linhas de diversos sentidos para “soltar” o arroz.

Dicas:

Dobrar, triplicar ou quadruplicar a receita é muito fácil, e é sem erro, basta multiplicar as quantidades pela fome e o número de pessoas.

Montar um prato com arroz decorado como na foto, também é simples. Escolha uma tigelinha redonda, quadrada,  oval, a que você preferir, de uma leve molhadinha com água na tigela e coloque o arroz apertando com as costas da colher. Cubra a tigela com o prato que irá servir o arroz e vire os dois juntos! Retire a tigela com cuidado, fazendo movimentos giratórios que o arroz irá soltar inteirinho. Mas atenção fala isso com o arroz ainda quente. Você pode decorar com folhas de salsinha, sálvia e o que mais a imaginação mandar.

Invente!

Eu costumo tentar colocar legumes em quase tudo o que eu faço……… e no arroz não podia ser diferente.

Sempre que tenho oportunidade invento nos arroz branco de cada dia, assim fica nutritivo, colorido e diferente, e por incrível que possa parecer o gosto não muda muito não.

Experimente sem preconceitos:

  • Cenoura ralada ou picada
  • Abobrinha ralada ou picada
  • Tomate picado
  • Ervilhas
  • Milho
  • Espinafre congelado
  • Tablete de carne ou frango (cuidado com o sal depois)
  • Açafrão (pra dar uma corzinha)
  • Todos os itens acima!

Todos esses ingredientes devem ser acrescentados depois de dourar o alho e a cebola

E seguir com os procedimentos normalmente.

CARAMBA! Não imaginava que um post sobre arroz ficaria tão grande! Bom proveito a todos e Glauber…… me manda a foto depois! Áh…. isso vale a todos… tbm né!