Pasta Italiana

0

Posted by Cintya Destro | Posted in Amo muito "tudu" isso | Posted on 05-11-2012

Estou à dias tentando postar ….. e finalmente hoje vou conseguir!

Massa é uma preferencia quase unanime e são tão fáceis que nem acredito!

Como to com muita saudades da Italia, aqui vai uma receita que comi muito lá e é muito simples de fazer….. molho Putanesca, mas sem muita frescura.

Ingredientes:

  • molho de tomate ( gosto do tomate pelado em lata)
  • 2 dentes de alho picados
  • azeitonas picadas a gosto
  • alcaparras a gosto
  • azeite
  • sal e pimenta a gosto
  • Uma pitada de açucar

Preparo:

  1. Refogue o alho no azeite
  2. Acrescente os tomates picados, as azeitonas e as alcaparras
  3. Acrescente a pitada de açucar e deixe apurar por cerca de 5 a 10 minutos
  4. Tempere como sal e pimenta
  5. Sirva sobre a sua massa preferida

Dicas:

  • Se quiser dar um toque especial refogue junto com o alho, 1 ou 2 filés de anchovas! da um toque especial e ninguém diz que tem!

Batata ao Forno da Tia ANA

0

Posted by Cintya Destro | Posted in Amo muito "tudu" isso | Posted on 22-09-2010

Pra comemorar esse mês festivo, de setembro!

Vou dividir com vocês uma receita muito especial pra mim!

A Batata ao Forno da Tia Ana!

Essa receita é digna de comemoração por ser muito especial e muuuuuito gostosa! Na minha família ela sempre é feita no Natal o que dá um gosto especial à noite.

A foto é de quando fiz em casa, nesse dia optei por porções individuais, mas você pode fazer uma grandona que fica a mesma coisa!

Ingredientes:

1k de batatas

1k de mussarela fatiada

1 copo e ½ de leite

2 colheres (bem cheias) de sopa de maisena (amido de milho)

Pelotinhas de margarina

Sal e pimenta e ervas a gosto

Preparo:

1 – Descasque e fatie as batatas em rodelas finas, eu sempre utilizo aqueles fatiadores de legumes, mas cuidados que eles são assassinos e meu dedo ainda não se recuperou da ultima vez.

2 – Misture no leite a maisena, mexa bem com o garfo para dissolver e tempere a gosto com sal, pimenta, etc.

3 – Unte uma forma com margarina (pode ser de vidro, refratária ou alumínio mesmo).

4 – Faça a primeira camada de batatas bem arrumadinhas, com uma colher espalhe um pouco do leite temperado, algumas pelotinahas de margarina e o queijo.

5 – Vá intercalando:

  • Batatas
  • Colheradas de leite (aproximadamente de 2 a 3 colheres por camada)
  • Pelotinhas de margarina (em apenas 2 camadas)
  • Fatias de queijo

6 – Termine com uma camada extra de queijo.

7 – Cubra com alumínio e leve ao forno pré aquecido em temperatura média por 1 hora.

8 – Retire o alumínio e deixe no forno por mais 30 minutos aproximadamente para acabar de cozinhar e deixar aquele bronze no queijo.

9 – espete um palito para verificar se a batata está macia.

É só servir, afinal batatas vão bem com praticamente tudo! Essas então?! Com tudo e mais um pouco.

Fondue de Queijo

3

Posted by Cintya Destro | Posted in Amo muito "tudu" isso | Posted on 18-08-2010

Com esse frio que não passa, estou ampliando  o número de receitas para aquecer o inverno.

E estava faltando no cardápio deste site o maravilhoso Fondue de Queijo!

Para o Fondue, tenho duas preocupações:

1 – O fondue de queijo se torna rapidamente enjoativo

2 – Comprar a massa pronta é mais barato que fazer. Na verdade nunca achei uma receita de fazer em casa que eu realmente tenha gostado, e que não gaste uma fortuna em queijos (Áhhhh queria estar na Itália com meu irmão para devorar muitos daqueles queijos….) então me contenho em comprar o pacote de massa para fondue de queijo pronto e dou aqueles toques especiais!

Ingredientes:

1 pacote de 400gr de fondue de Queijo

Os preços e marcas disponíveis são variados, você pode encontrar de R$ 10,00 à 30,00 reais. Tenho que confessar, que o Fondue Suiço de Queijo, muito me atrai…(por R$ 26,74 no Pão de Açúcar)

1 dente de alho com casca
1 copo de vinho branco seco
1 pitada de noz moscada
Pimenta-do-reino a gosto

Preparo:

1 – Com o dedo, esmague o alho na panela, e esfregue em todos os cantinhos. Retire o alho da panela e use para outra coisa.

2 – Misture a massa pronta na panela com ½ do vinho

3 – Aqueça a panela na boca do fogão em chama média, ou banho-maria

4 – Acrescente aos poucos o restante do vinho, e a pimenta, e nós moscada a gosto.

5 – A massa deve ficar homogenia, e para isso você não pode descuidar de mexer a massa na panela, pois ela pode queimar e empelotar.

Dicas:

A kirsch, produzida através da destilação da cereja é a bebida indicada para fazer a receita, se você puder comprar aproveite! Porém ela não é muito fácil de encontrar no Brasil, então pode substituir por uma cachaça de boa qualidade ou aromatizada. A própria embalagem da massa lhe dará a quantidade ideal.

Acompanhamentos:

Como a própria foto nos diz! Não precisamos só de pão italiano para acompanhar.

Só pra dar o gostinho a vocês, vou compartilhar o site que tirei essa foto – http://www.meltingpot.com/default.aspx pena que não fica no Brasil né?

Mas enfim… para fazer em casa, e quem sabe naquele jantarzinho a dois com direito a luz de velas ou numa mesa cheia de amigos, você pode acompanhar as seguintes opções:

Pães em cubos grandes:

Branco
Italiano
Ciabatta
Preto
Integral
Grãos
Australiano

Cuidado para não colocar na mesa pães “mole”, pois eles podem esfarelar dentro da panela, ou até mesmo cair do garfo

Vegetais:

Salsão
Brócolis (All Dente ou cru)
Couve-flor (All Dente ou cru)
Cenoura
Batata bolinha (cozida All Dente)
Pimentão colorido
Tomate Cereja

Pra dar uma variada, prepare também:

Nuggets
Salsicha
Linguiça

 
Agora é só correr para o mercado! E mãos a obra!

Ai que frio, bom de aproveitar……

Alcachofra

2

Posted by Cintya Destro | Posted in Amo muito "tudu" isso | Posted on 05-08-2010

alcachofraOntem passei no sacolão, e uma bandeja de alcachofras “piscaram’ pra mim, aí tive que levá-los pra casa né?! Não resisto a essa delícia.

 A foto não deu pra eu tirar em casa, mas achei essa ilustrativa que também não posso olhar muito pra não ficar com vontade de novo.

 Não é só comer a alcachofra que eu gosto, mas todo o “ritual” de ir comendo e conversando. Mas vou para de falar dos meus gostos e dar logo a receita né?!

 

Ingredientes:

2 flores de alcachofra

Vinagre

Preparo:

1 – Lave-os em água corrente, e deixe um de molho em água e vinagre

2 – Bata a parte de baixo do alcachofra (área próximo ao caule)  na pia, para que as pétalas se abram com mais facilidade após o cozimento

4 – Acomode na panela de pressão cubra de água temperada com sal e vinagre

5 – Cozinhe por aproximadamente 40 minutos

Molhos:

Vinagrete

1 Tomate

½ Cebola

Azeite

Vinagre

Sal e pimenta

Ervas

Preparo:

Misture todos os ingredientes e tempere a gosto

Rosé

4 colheres de sopa de maionese

1 colher de sopa de mostarda

2 colheres de sopa de ketchup

1 colher de sopa de molho inglês

Pimenta do reino a gosto

Preparo:

Misture todos os ingredientes

Dicas:

O legal desse prato é ir tirando as pétalas, passar no molho de sua escolha e puxar com o dente a “massinha” da alcachofra com o molho

Pode ser esquisita essa minha descrição, mas não consegui pensar em palavras que melhor definam….. hehehehe

 Na receita original da minha mãe, ela coloca entre as pétalas da alcachofra, pedacinhos de bancon, antes de cozinhar. Pena que toda vez que vou fazer isso sempre esqueço de comprar o bancon

Strogonofe

4

Posted by Cintya Destro | Posted in Amo muito "tudu" isso | Posted on 03-08-2010

strogonofeDireto da mesa de ontem lá de casa, segue este prato que meu marido adora e eu também né!

 Já assisti e li muitas receitas, e acho que strogonofe é aliar todas elas com o nosso gosto pessoal. Aqui está a minha, mas você pode copiá-la na risca, ou fazer suas próprias adaptações…

 Bona Petit! :)

Ingredientes:
400g de carne em tirinhas
(pode ser o filé mignon, alcatra, contra filé, filé de frango etc.)  
1 cebola cortada em pedaços pequenos ou ralada
2 colheres de molho inglês ou shoyo
2 colheres de mostarda
1 colher de ketchup
Páprica doce ou picante
2 latas de creme de leite ou creme de leite fresco 
1 concha de conhaque
1 pote de champignon cortados
2 colheres bem cheias de farinha de trigo

 
Preparo:
1 – Tempere a carne a gosto e a misture com a farinha de trigo

2 – Aqueça uma panela com azeite e doure a carne

3 – Acrescente a cebola e continue dourando

4 – Acrescente o conhaque e deixe flambar

5 – Coloque a mostarda, o molho inglês ou shoyo, o ketchup, os champignons, a páprica e deixe encorpar um pouco.

6 – Acrescente o creme de leite e espere engrossar sem talhar

7 – Acerte o sal e a pimenta a gosto

Dicas:

Sirva com arroz branco e chips de mandioquinha ou a tradicional batata palha

 Para Flambar eu uso uma técnica diferente:

Aqueço o conhaque na concha direto na boca do fogão, o fogo irá pra dentro da concha e aí despejo na panela com a carne.
Mas Atenção – deixe a tampa da panela por perto para o caso de ter que apagar o fogo, basta tampar a panela e utilize concha de alumínio, pra não derreter né!

 O truque de misturar farinha na carne serve pra engrossar um pouco o caldo.

 Já ouvi alguns chefes de cozinha, falarem que o certo é fazer pratos salgados com o creme de leite fresco e doces com o creme de leite de latinha, isso porque o creme de leite de lata pode talhar quando é fervido por muito tempo. Mas pro meu dia a dia o creme de leite fresco estraga muito rápido, já o de lata consigo armazenar com mais tranquilidade, então só fico de olho no ponto pra não passar e talhar.

Já deu até vontade, ainda bem que tem mais na marmita! rsrsrs